Procon promove fiscalização na final do Alagoano, no Rei Pelé

O Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AL) realizou neste domingo (8) uma campanha educativa no Estádio Rei Pelé, no bairro Trapiche da Barra, durante a final do Campeonato Alagoano de Futebol entre CSA e CRB. A ação ocorreu para verificar a lei de meia-entrada e para orientar os consumidores.

A equipe de fiscalização, além de vistoriar a questão da meia-entrada, verificou a venda de bebidas não alcoólicas, a validade e a fixação dos preços de produtos que estão sendo comercializados nos estádios.

O diretor-presidente do instituto, Galba Netto, enfatizou a necessidade de ações em dias como esse, de grande movimentação. “Nossa fiscalização foi feita para realmente verificar o que é feito em jogos de futebol aqui em Alagoas. Nada melhor do que a final do campeonato para observar de perto a regularidade, ou não, de cada time”.

Lei da Meia-Entrada

Durante a venda dos ingressos dos times, foram constatadas irregularidades, tanto do CRB quanto do CSA. A empresa responsável pela venda dos ingressos do CRB estava vendendo como meia R$ 20,00 e a inteira como R$ 30,00. Já o CSA, tinha como preço único o valor de R$ 30,00, ambos sendo irregulares de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Após a constatação da irregularidade, os dois clubes serão autuados. “A irregularidade quanto à venda de ingressos foi constatada e vamos autuar. Nenhuma das situações está correta: não existe um preço único e nem meia-entrada sem ser realmente pela metade do preço”, explicou o fiscal do instituto, Roberto Melo.

Ascom – 09/04/2018