Operação da Casal encontra 22 irregularidades em imóveis de Delmiro Gouveia

Uma operação da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) para redução de perdas de água flagrou, nesta segunda-feira (17), em Delmiro Gouveia, 22 irregularidades e dois vazamentos não visíveis. Durante o trabalho, 76 imóveis foram visitados.

O foco da operação foi vistoriar as residências. As principais irregularidades encontradas foram 13 ligações clandestinas de água, nove by pass – o famoso “gato” – e dois vazamentos não visíveis. Todos esses casos foram desmanchados e os proprietários dos imóveis devem procurar o escritório da Companhia em Delmiro para se regularizar.

Esses resultados só foram possíveis com o uso do geofone, que tem a finalidade de identificar vazamentos visíveis e não visíveis em redes de abastecimento de água. O equipamento funciona pela escuta, quando líquidos pressurizados escapam por um orifício, gerando vibrações e ruídos típicos que logo são identificados pelo geofone.

A operação foi uma iniciativa da Unidade de Negócio Sertão, da Casal, com a equipe de combate a perdas. O trabalho de fiscalização para redução de perdas vai continuar na cidade e será ampliado para os municípios vizinhos.

COMBATE A PERDAS

Operação da Casal em Delmiro Gouveia encontra 22 irregularidades

Também foram encontrados 2 vazamentos não visíveis com o uso do geofone

 Jéssica Viturino

Uma operação da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) para redução de perdas de água flagrou, nesta segunda-feira (17), em Delmiro Gouveia, 22 irregularidades e 2 vazamentos não visíveis. Durante o trabalho, 76 imóveis foram visitados.

O foco da operação foi vistoriar as residências. As principais irregularidades encontradas foram 13 ligações clandestinas de água, 9 by pass (o famoso “gato”) e 2 vazamentos não visíveis. Todos esses casos foram desmanchados e os proprietários dos imóveis devem procurar o escritório da Companhia em Delmiro para se regularizar.

Esses resultados só foram possíveis com o uso do geofone, que tem a finalidade de identificar vazamentos visíveis e não visíveis em redes de abastecimento de água. O equipamento funciona pela escuta, quando líquidos pressurizados escapam por um orifício, gerando vibrações e ruídos típicos que logo são identificados pelo geofone.

Essa operação foi uma iniciativa da Unidade de Negócio Sertão, da Casal, com sua equipe de combate a perdas. O trabalho de fiscalização para redução de perdas vai continuar na cidade e será ampliado para os municípios vizinhos.

Ascom – 18/12/2018